A importância do síndico na vida em sociedade

dia do síndico

Em 30 de novembro é celebrado em todo o país o dia do síndico. Nesta data, uma merecida homenagem a esta figura tão determinante em fazer funcionar a engrenagem da vida condominial se faz necessária, além de uma relevante reflexão sobre a importância do síndico para a vida em sociedade. Convenhamos, não é simples ser síndico. O condomínio é uma entidade jurídica, criada para propiciar a melhor administração de interesses comuns, mas nem sempre convergentes, sendo o síndico a figura central e mediadora da tomada de decisões coletivas. Assim que ele assume o exigente cargo, é muito trabalho pela frente e as críticas começam a aparecer. Mesmo não sendo fácil, a função do síndico é indispensável para que os condôminos possam ter paz, segurança e ter seu imóvel preservado.

Na atualidade, com a vida em sociedade cada vez mais complexa, vemos que no condomínio o interesse em ser o gestor da coisa comum tem sido objeto de muita restrição, pois implica em assumir um grande número de atribuições e, em consequência, uma lista de responsabilidades. Mesmo com tantas obrigações e zelo pelo patrimônio de todos, muitos síndicos não recebem remuneração ou ressarcimento por suas atribuições.

A importância do síndico é tanta que a legislação atual permite até mesmo que uma pessoa jurídica, independentemente de ser moradora, possa exercer a função, mas, ao mesmo tempo, a lei não abre mão de sua existência como representante legal do condomínio. Hoje existem serviços de síndico terceirizado, o chamado síndico profissional.

Diante da importância da função de síndico para o condomínio, moradores ou convidados devem tratá-lo com respeito, já que ele exerce uma função muitas vezes indesejada por quase todos. É necessário entender suas rotinas, afinal, o síndico morador normalmente tem um trabalho fora dos muros do condomínio e carrega consigo uma carga extra de responsabilidades, privando-se, em muitas ocasiões, de suas folgas para resolver situações de emergência do espaço compartilhado.

Para o futuro, com a projeção de uma demanda ainda maior em moradias coletivas, o trabalho exercido por eles continuará sendo fundamental. E mesmo com as tecnologias facilitando o dia a dia condominial, personagens como os síndicos não sairão de cena.

Portanto, seus afazeres são enormes e sua conduta e dedicação devem ser exaltadas.

A CWR – Gestão de Mão de Obra saúda todos os síndicos neste dia 30 de novembro e parabeniza-os por sua dedicação e zelo à vida em comum nos condomínios de todo o Brasil.