Vazamentos em condomínios: de quem é a responsabilidade?

infiltracao e vazamento_2

Um transtorno bastante comum para quem reside em prédios são as infiltrações ou vazamentos, que, fatalmente, surgem nas unidades e nas áreas comuns do edifício em determinado momento da vida em condomínio. O problema pode causar muito estresse e, até mesmo, brigas entre condôminos. E em grande parte das vezes em que as discussões acontecem, elas são fruto do desentendimento pela responsabilidade dos custos com os reparos. Mas, afinal, quem paga a conta?

Problemas que acometem, especificamente, uma unidade são de responsabilidade da mesma. Já problemas que surgem em um apartamento, decorrente do vazamento de um vizinho, devem ser resolvidos por este. Por isso, é importante que se identifique com antecedência e se previna possíveis problemas que podem ser de responsabilidade do seu imóvel, para que não tenha prejuízos também com danos em imóveis de terceiros.

Vazamentos e infiltrações em áreas de uso comum do prédio são de responsabilidade do condomínio e o morador que identificar qualquer sinal de problemas no encanamento e tubulações, deve comunicar a situação imediatamente ao síndico.

No caso de imóvel alugado, o proprietário deve arcar com as despesas quando a infiltração ocorrer devido ao desgaste natural da estrutura. Porém, se o inquilino fizer alguma reforma e acabar perfurando o encanamento, então ele terá que pagar o conserto.

Por isso, é muito importante que um profissional habilitado, arquiteto ou engenheiro, acompanhe qualquer reforma nos apartamentos. E é importante destacar que após terem acesso ao parecer técnico do profissional responsável, o síndico ou a administradora do condomínio poderão proibir ou autorizar com ressalvas uma reforma.

Quer saber mais sobre vida em condomínio? Acompanhe sempre o nosso blog.