Limpeza da caixa d’água é fundamental para a qualidade da água em condomínios

b0574490-5b6f-4909-a3ab-dfd341247002

Manter a qualidade da água é um desafio que requer uma série de afazeres. Em um condomínio, os cuidados começam cedo – logo pela caixa d’água. A higienização desse recipiente é um passo primordial para a melhoria da qualidade do produto que chega aos lares.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% têm algum tipo de relação direta ou indiretamente à água. Por isso, respeitar as recomendações de limpeza para esse tipo de armazenamento é essencial para a contribuir com a prevenção de algum tipo de doença, contagiosa ou não.

Para deixar a caixa d’água em ótimo estado o recomendado é uma limpeza geral a cada seis meses, segundo especialistas da COPASA. Entre esse período é recomendado que sejam realizadas vistorias para checar se há algum resíduo, inseto e até mesmo outros animais pairando por acidente dentro do ambiente.

O processo de limpeza, é bastante simples. Após fechar o registro, esvazia-se a caixa em 90%. Na sequência, usa-se uma escova de nylon no interior para exaurir a sujeira. Em seguida acontece o enxague do material exaurido. A partir dessa escovação, retira-se toda a água restante com um recipiente plástico e seca-se toda a caixa com um pano desinfetado.

Após todo esse processo, já pode ligar o  registro e tornar a encher o recipiente. Apesar de simples, o recomendado é que uma pessoa especializada nesse tipo de serviço realize-o para evitar qualquer dano à estrutura e impeça prejuízos.