Férias do síndico

15-site

É síndico(a) e vai viajar nestas férias? Saiba que antes de começar a fazer as malas é importante se programar e deixar tudo em ordem para garantir uma viagem tranquila e para que os demais condôminos não fiquem na mão.

Em primeiro lugar, converse com o(a) subsíndico(a) para que ele(a) saiba que terá que ficar responsável pelo condomínio durante sua ausência. Caso ele(a) também vá viajar, é preciso combinar com algum condômino/representante do conselho para que assuma a função ou consultar a convenção do condomínio para saber as regras a serem aplicadas para tal situação. O zelador, caso exista, também pode ser instruído sobre como proceder nesse período.

Também é importante que o síndico comunique a todos os condôminos que irá viajar e deixe orientações de segurança, como telefones úteis em caso de emergências:

190 – Polícia Militar;

192 – SAMU (Ambulância – casos clínicos);

193 – BOMBEIROS (incêndios, vazamento de gás, resgate em caso de traumas e passageiros presos em elevador);

Assistência 24h da seguradora;

Administradora do condomínio.

Devem estar nessa lista também os números de emergência da empresa de manutenção de elevadores, da seguradora do condomínio, empresas de manutenção das bombas e portões etc.

E, por fim, vale lembrar que, mesmo ausente, o síndico continua sendo o representante legal do condomínio. Portanto, erros como falta de arrecadação de obrigações trabalhistas, ou outros, continuam sendo de sua responsabilidade.