Entenda a terceirização de serviços: benefícios e quanto é permitida

cartera_trabalho

A terceirização de serviços é um tema que tem sido bastante comentado por conta da reforma trabalhista e da nova lei da terceirização. Terceirizar um serviço pode ser proveitoso tanto para o contratante quanto para o contratado em alguns aspectos.

Em termos mais leigos, esse método de terceirização, no âmbito empresarial, é contratar uma empresa para realizar funções dentro de outra empresa. Trata-se da prestação de um afazer que deveria ser realizado por um funcionário fixo, mas a empresa contratante optou por recorrer a outra pessoa jurídica, em vez de contratar um trabalhador e gerar vínculo empregatício.

Hoje em dia, é bem pacificada a contratação de terceirizados para todas as atividades da empresa que não sejam ligadas ao ramo de negócios. A nova lei, entre outras mudanças, permite a terceirização também das atividades fim.

Desta forma, a empresa contratante ganha uma série de benefícios. Começando pela preocupação com leis trabalhistas (férias, folgas, FGTS etc.), que deixam de ser uma responsabilidade só do contratante. Além disso, as contratantes podem administrar melhor os seus recursos e também otimizar o tempo dos gestores, o que acarreta um melhor desempenho do trabalho e até mesmo a redução de custos operacionais.

Do outro lado, o contratado não fica à mercê de contratações irregulares e sem benefícios. Isso porque ele estará ligado a uma empresa de serviços gerais e dentro dessa empresa os seus direitos garantidos.

Esse é o exemplo mais recorrente do tipo de serviço ofertado dela CWR Gestão de Mão de Obra. Basicamente, o contratante nos procura e solicita algum tipo de serviço. Cabe a nós designar um profissional capacitado e treinado para atender a demanda. A partir disso, tal profissional vai ao local desenvolver estes serviços enquanto os contratantes não precisam fazer esforço algum para usufruírem do êxito.