CUIDANDO DO JARDIM DE FORMA SUSTENTÁVEL

jardim1

Manter o jardim sempre bem cuidado pode ser um desafio, pois, além da dedicação em preservá-lo bonito, isso pode representar um aumento na conta de água do condomínio. O gasto com a água, mais do que uma economia, é questão de sustentabilidade.

Manter as plantas saudáveis e poupar o recurso natural é possível, basta adotar algumas medidas no dia a dia:

  • Tenha um jardim planejado – Faça um projeto paisagístico com espécies de plantas que necessitam de menos água, ou que sejam mais resistentes ao período de escassez, com as plantas de cerrado;
  • Acumule água da chuva – Instale um sistema de coleta de água pluvial, que pode ser usado não só para o jardim como para a limpeza.
  • Automatize – A implantação de sistema de irrigação automático, economiza água e mão-de-obra.
  • Tenha bons materiais – os itens usados para regar as plantas devem estar em perfeitas condições de uso para evitar o desperdício de água, como nos casos em que há vazamento nas torneiras e mangueiras.
  • Estabeleça um horário para a rega – a melhor hora para se aguar os jardins é no fim da tarde ou pela manhã, quando o processo de evaporação da água é mais lento.
  • Não ague demais – exageros podem ocasionar problemas similares aos de falta d’água.
  • Elimine problemas – controle invasores e ervas daninhas.
  • Use técnicas da compostagem – isso promove a desaceleração da evaporação da água, conserva a umidade do solo e impede o surgimento de ervas daninhas.
  • Use um medidor ou faça um buraco de 15 cm para avaliar os níveis de água – assim a rega só será feita quando for necessária.

Em época de chuva escassa, em que os reservatórios de água ficam prejudicados, é importante diminuir a quantidade semanal de rega e sempre optar pelo uso do regador no lugar da mangueira, que gasta 186 litros a cada 10 minutos ligada. O jardim não será prejudicado com a redução e o impacto será positivo no bolso dos moradores.